sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Essa semana li um artigo muito interessante na revista Galileu sobre a cultura chinesa. Com a leitura aprendi uma visão que não tinha da China antes, fiquei impressionada e quero repassar esse novo conhecimento.
A educação forte na China é priorizada, em média uma família chinesa separa 60% da renda mensal para a educação de um filho. As crianças frequentam as escolas com poucos anos de idade e o ensino é bem adiantado, enquanto os ocidentes aprendem a contar até dez por exemplo, eles aprendem a ler e fazer cálculos. Para vocês terem uma noção eles são obrigados a estudar 12 horas de seu dia, sem brincar...não é questão de escolha, eles são obrigados mesmo. Depois de estudos todos os dias as crianças chinesas tem que praticar de 2 a 3 horas de música tocando violino e piano. Nas férias não são reais férias, os pais aproveitam para aumentar a carga horária de estudos dos filhos. Eles tem que falar o inglês fluente e estudam também: francês, espanhol e até mesmo o português. Nas salas de aula os alunos que tirarem menos de nota 10 são tratados como "vergonhosos".
Na casa deles, não é diferente: Eles não podem escolher quanto tempo vão assistir TV. Os pais deixam eles mais tempo lendo livros. Na internet sites de interesses contrários ao governo são bloqueados. Dormir na casa de um amigo é um absurdo para os pais, raramente isso ocorre lá.
Os resultados de um principal exame de avaliação de aprendizado mundial comprovaram: Os chineses ficaram em primeiro lugar em todas as categorias. Essa rotina que para nós parece imensamente exagerada para eles se tornou algo comum, claro eles se acustumaram. Eles sentem orgulhos de ser tão estudiosos e todos que são devem sentir, quanto mais conhecer mais cresçemos.
Enfim, isso é realmente algo muito fora da nossa realidade, eles podem ser severos demais, em algumas atitudes sou contra. Mas eles priorizarem a educação é exemplar, algo que o Brasil deveria ter. Aqui crianças não estudam, cabulam, não vão a escola para trabalhar. É uma bagunça, imagine como é diferente de lá. Eles aprendem a ser pessoas civilizadas, aqui existe um grande número que NÃO é. É por isso e muitos outros motivos que o Brasil é um país de terceiro mundo.

24 comentários:

Mellisse Devonelli* disse...

Nossa, o Brasiil deviia envestiir mais na educação néah ?
Visiita meo bloog ? http://giuliacostameg.blogspot.com/

AugustoM disse...

Parabéns, você relata a verdade que o nosso pais está passando, e isso é uma vergonha...

http://enganaador.blogspot.com

Laís Brito disse...

Bom,eu já sabia dessa tal educação Chinesa,mas enfim.. comparada ao Brasil né. Somos um o que? Um bando de preguiçosos - não no geral- mas espero que um dia consigamos pelo menos nos tornar a metade do que eles são hoje,seria um grande avanço. ;)

: disse...

aaah, gosto mt do seu blog :]] http://amandabaracho.blogspot.com/

KGeo disse...

estes tipos de coisa os chineses tem que se garantir que lá a compertição é grande tipo o país tem 1 bilhão de pessoas.

thoughts of a modern warrior disse...

Interessante o seu texto.
A educação no Brasil é bem fraca mesmo...
Mas não concordo muito com esse tipo de ensinamento forçado,é bom aprender, mas criança tem que ser criança.
Se lá fosse tão bom, muitos Chineses não viriam trabalhar de maneira ilegal em nosso país.

thoughts of a modern warrior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Inez disse...

Nos países ocidentais a educação é priorizada, é o que fez com que o desenvovimento chegasse nesses lugares, por outro lado são os países que tem o maior índice de suicídios de jovens.
Quanto ao Brasil deveria sim priorizar a educação, alíaso que temos está bem longa de se chamar educação, mas muitos estudantes cabulam aula para ficar na farra mesmo e não para trabalhar.
Sei muito bem disso porque sou da área de educação.

Rodrigo Ferreira disse...

Gostei muito so eu blo e do texto
bjs

Download FNB disse...

ooi... vim seu blog numa comu do orkut na qual eu sou moderador num topico de seguidores...

topas uma simples parceria ???

vc segue meu blog e eu sigo o seu....

www.festanabahia.com

tow te seguindo jah... abraços

Helen Louzada disse...

Seu blog é um charme!!


atividadedavida.blogspot.com

Pobre esponja disse...

Essa parte toda da educação é excelente, maravilhosa.
Mas tudo em exagero é maléfico.
O ideal seria dosar... porque esse lado humano do brasileiro é realmente bonito. Nesse sentido, eles são totalmente frios.
E acabam se tornando meio fascistas - ainda mais com esse lance da internet, deplorável.
Se pudesse pegar um pouco de cada um, seria ótimo.
Bjos linda, obrigado pelos seus coments.

xau
Pobre Esponja

(By Rafaela ) disse...

Nossa,o Brasil é uma bagunça, aqui parece que quanto mais estudioso e "nerd", mais as pessoas tiram sarro.
Obrigada pela visita e pelo coment. Gostei muito do seu blog tmb que vou seguir =]

Bjss

Natasha Piervy disse...

Olá nós do blog Madness agradecemos pela sua visita, já estamos te seguindo também.

Ainda bem que existe outro paises mais desenvolvidos em várias areas, quem sabe assim as pessoas que tomam conta do Brasil tomem alguma atitude pra que possamos melhorar.

MADNESS - O BLOG DA LOUCURA!

Samir . disse...

É Brunna, infelizmente os bons exemplos dos outros países o Brasil não copia, porém o que não presta eles fazem questão de copiar. A educação é a base de qualquer nação, de onde as pessoas conseguem desenvolver se raciocínio, personalidade, educação, cultura, porém em nosso país o ensino é precário, os professores das redes estaduais e muitos particulares, mal pagos, ou seja, tá tudo errado.

Samir . disse...

Ia me esquecendo, estou lhe seguindo.

http://sem--hipocrisia.blogspot.com/

Vinicius de Mello disse...

Muito maneiro o blog, gostei da maneira como aborda os assuntos, parabéns. To te seguindo, se quiser também tenho um blog, só passar lá. Abraços.

http://sutilezanegativa.blogspot.com/

curioso.com disse...

To te seguindo, se puder mins egue tbm
http://curioso-ricardo.blogspot.com/
bjus.

William disse...

É uma cultura completamente diferente da nossa em todos os sentidos.
É um país diferenciado e tenho muita curiosidade de conhecer.
Valeu pela matéria.
Abraço

Ju Dias disse...

Muito interessante seu blog! O Brasil deveria seguir o exemplo da China messsmo!
Passa lá no meu e me segue!!

www.semmodestia.com

Victor Von Serran disse...

Você tem razão, quando fala que a educação na China é prioridade, pórem tem um outro lado, o lado das crianças carentes que moram nas cidades longes de centros urbanos,lá por não ter renda suficiente, as familias obrigam os filhos a trabalhar nas fabricas de falsificaçoes, onde uma criança trabalha até 12 horas por dia, as vezes uma familia inteira trabalha em um regime de escravidão e exploração por não haver leis trabalhistas como as nossas. Atingir a maturidade intelectual através de processos de consciencia nos tornam mais receptivos a mudanças significativas, e apesar de o Brasil ainda ser terceiro mundo, estamos a frente no quesito democracia.


Seu comentario nomeu blog foi muito pertinente e de certo modo acho que só vc e alguns poucos captaram a idéia do texto.

seja bem vinda a minha blogosfera !

valeu a visita e volte sempre !
http://universovonserran.blogspot.com

joão victor borges disse...

Exageradamente estudiosos. Vamos combinar que, apesar de teoricamente ideal, esse sistema de educação na China é mais que utópico aqui no Brasil. Vejamos os interesses das pessoas né.

Abraço! ;)

http://anpulheta.blogspot.com

Gregório disse...

A primeira coisa que devemos lembrar quando falamos da China é que ela é uma ditadura. Então os jovens com 10 anos já sabem calcular, mas eles saem da faculdade sem uma noção real do que é o mundo lá fora, se não burlarem as leis e a policia virtual chinesa. E mais, eu não concordo em nenhum ponto com o modelo de educação chinesa, que foca apenas no resultado, sem um aproveitamento real do conhecimento. Enfim, escolha infeliz de assunto.

E para provar que não sou poeta: http://sonhadordesperto.blogspot.com/2011/02/para-l.html?showComment=1298661717717#c3407946707706631779

Tanny disse...

passada!!!!
li o texto em voz alta para minha mãe

já fiz seminários sobre a china mas não conhecia esse ponto