sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Eu gosto de carinho violento. De falar. De estar certa.
De quem entende o que eu digo. De quem escuta o que eu penso.
Da minha prole. Dos meus discos. Dos meus livros.
Dos meus cachorros. Dos Stones. Do Rock Natural.
Da minha solidãozinha. Dos meus blues. Do meu sofá vermelho.
Da minha casa. Do meu umbigo. De unhas cor de carmim.
De homem que sabe ser homem. De noites em claro e dias em branco. De chuva e de sol.
Eu guardo as minhas rejeições em vidrinhos rotulados com o nome deles.
Eu sou mole demais por dentro pra deixar todo mundo ver.
Eu deixo pra quem eu acho que pode comigo.
Ninguém sabe. Mas eu tenho coração de moça.

Fernanda Young

4 comentários:

JOY disse...

Muito legal...
Gostei do seu blog, bem harmonioso!

Beijos

http://joycebc.blogspot.com/

Helder de Souza disse...

Gostei!
Legal mesmo!
seguindo!
Se sentires a vontade passa no meu.
Blog de piadas...
ecologiaeviversorrindo.blogspot.com

Dodi disse...

Se gosta dos stones, é uma boa garota.
se gosta de blues, é uma grande garota.
Se gosta de blues e ainda por cima dos stones, é uma mulher fabulosa.

Dodi disse...

e se gosta mesmo do stones, olha essa música:

http://pinacoladah.blogspot.com.br/2011/09/q005-love-in-vain.html

copia esse endereço na sua barra de endereço e se delicie.
é uma antiga música de um bluseiro chamado robert johnson regravada pelos stones. Para mim é perfeita.