quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Desejo que a cada estação você tenha algo para se orgulhar quando olhar no espelho. Desejo que mesmo longe de mim, você busque uma vida pela qual você se orgulhe.
E se descobrir que não há tem, que tenha forças para começar novamente, como eu começei sem você. Porque quando algo que amo vai embora tento me lembrar que as folhas do outono não caem porque querem e sim porque é chegada a hora. Então eu sobrevivi, sem raiva nem alegria.
E se você quizer se perder de novo, que se perca em alguém. Será bom, para mudar de tom. Porém só cobre o que você pode dar.
Quanto a mim, não me pergunte. Vou olhar os caminhos, o que tiver mais coração eu sigo.

2 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Juli̲iαnα disse...

seguindo tbein.
eu desejo q quando vs ficar triste q seja por um dia e nao o ano inteiro, e que vs descubra que rir e boum
mas que rir de tudo e desespero (8